É possível aprender francês sozinho?

Está pensando em estudar ou morar fora e quer saber como aprender a falar francês sozinho? Descubra aqui se essa é uma boa alternativa! 

A aprendizagem de novos idiomas pode ser a porta de entrada para muitas experiências incríveis, como estudar ou trabalhar no exterior. Além disso, falar outra língua amplia seu horizonte cultural e social.

Se você se sente atraído pela língua francesa, porém ainda não conseguiu se organizar para fazer um curso, provavelmente já deve ter se perguntado como aprender a falar francês sozinho. 

Aqui neste artigo você irá descobrir como funciona a aprendizagem de uma língua estrangeira e se estudar sozinho é uma opção adequada. Boa leitura!

Como funciona a aprendizagem de uma língua estrangeira?

A nossa língua materna é um conhecimento tão enraizado na nossa cabeça que dificilmente paramos para pensar como foi que o adquirimos, não é mesmo? Esse é um tema complexo e muito debatido por pesquisadores.

Você aprende a se comunicar logo nos primeiros estágios da infância. Quando criança, você assimilou a língua materna de forma orgânica e inconsciente, impulsionado pela necessidade da socialização com seus pais e parentes.

A importância do contato social na aprendizagem da fala pode ser verificada no caso das meninas lobas. Deste modo, uma criança que cresceu isolada de outros humanos, não desenvolve a fala, pois esta habilidade se fundamenta em um processo de interação social, ouvindo quem a cerca e repetindo.

Ainda que nessa fase de aprendizagem da língua-materna você não tivesse precisão gramatical e linguística, gradualmente conseguiu se comunicar com eficiência. Então, após a consolidação parcial ou total desta língua, você está apto a aprender uma segunda língua. 

Contudo, após adulto o processo para aprender um segundo idioma  é consciente e exige maior esforço. Em geral, é necessário que o ensino dessa nova língua seja explícito e formal. 

O diferencial é que, agora, você pode contar com a sua língua materna como base auxiliar. Além disso, tem à sua disposição, recursos adquiridos anteriormente para dar suporte e construção de novos conhecimentos.

Logo, a língua previamente adquirida exercerá influência no aprendizado de uma próxima e esse processo se repetirá todas às vezes em que você desejar aprender outras línguas.

Mas afinal, como aprender a falar francês sozinho? É possível desenvolver seu próprio método de estudo? Vamos seguir com a leitura para descobrir! 

É possível aprender a francês sozinho?

Eis a questão! E a resposta é: depende! Muitas pessoas estudam francês para se candidatarem a programas de pós-graduação ou concursos que exijam a habilidade de leitura e escrita no nível intermediário no idioma. 

Se esse é o seu caso, estudar sozinho pode ser considerado uma opção. Aqui vão algumas orientações básicas para te guiar:

  • Defina metas e monte um cronograma de estudos;
  • Adquira um material de qualidade;
  • Tenha um caderno próprio para o estudo do idioma e uso-o com um objetivo específico em mente, como, por exemplo, treinar a conjugação de verbos; 
  • Aproveite e mude o idioma de seus gadgets para francês: celular, tablet, computador, GPS, etc.;
  • Pratique a leitura em francês. Aqui vale livros, sites de notícias, jornais;
  • Contrate alguém com fluência e experiência para você poder tirar dúvidas e corrigir os exercícios. 

Portanto, é possível aprender a ler e escrever em francês sozinho se você tiver muita disciplina. Isso é o que chamamos de francês instrumental, o que consiste no aprendizado específico do idioma por motivos profissionais.

Frequentemente nos deparamos com pessoas que dedicaram horas de estudo e conseguiram bons resultados, principalmente, tratando-se de leitura, escrita e interpretação de texto. 

No entanto, no momento de aplicar o conhecimento na prática, como ao conduzir uma conversa, por exemplo, travam. 

Assim, se o seu objetivo é se comunicar oralmente em francês, estudar sozinho não é o melhor caminho para adquirir o conhecimento necessário. Afinal, só se aprende a falar, falando. Falar uma língua estrangeira exige muita prática e, para ter a habilidade de conversação, é recomendável contar com a ajuda de um profissional. 

Estando em um ambiente com um professor e outros alunos, você poderá falar com outras pessoas e aprender a língua estrangeira de maneira similar a como você aprendeu sua língua materna: interagindo (em tempo real com pessoas reais). 

Com o auxílio de um professor você poderá sanar dúvidas diretamente, bem como ter sua pronúncia corrigida em tempo real, quando necessário. Ainda, o professor de francês tem a expertise para orientar o estudo de forma lógica e funcional, otimizando a assimilação do conteúdo.

Se aulas em grupo não te agradam, você pode optar por estudar com um professor particular. Independentemente da sua escolha, com as orientações certas, profissionais qualificados e metodologia diferenciada, é possível aprender em pouco tempo. 

Aqui na École Québec, possuímos mais de 15 anos de experiência em ensino do francês, especialmente o francês québécois, metodologia própria e professores qualificados e com vivência no Québec. Estamos preparados para te conduzir nesta trajetória de estudo e aprendizagem de uma nova língua. Conte conosco!

O que acha de marcar uma aula experimental e começar a flertar com o idioma? Você não vai se arrepender! 

Por École Québec

École Québec offre des cours de français québécois et d'intégration aux étrangers qui veulent travailler, immigrer ou étudier au Québec/Canada.

Deixe um comentário