Como é a vida no Canadá?

Entender mais sobre o estilo de vida de outro país é um passo muito importante se você pensa em imigrar ou viajar a turismo. Ficou interessado? Leia nosso post!

Definir como é a vida em um lugar pode ser um tópico muito subjetivo. É possível analisar pontos importantes que podem afetar diretamente seu estilo de vida, como segurança, transporte, clima, lazer, etc, e não conseguir chegar a uma resposta. Mas saber sobre esses pontos não deixa de ser um bom começo para entender como a vida pode ser. É por isso que vamos tratar de alguns desses temas para demonstrar melhor como é o estilo de vida no Canadá.

Como é a vida dos canadenses?

Começando com um dado geral sobre o país, podemos citar que o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Canadá é de 0.929. É um valor considerado altíssimo, colocando o Canadá na 16ª posição no ranking mundial, acima de países como os EUA, Japão, Itália, Espanha e França.

Tendo isso em mente, o estilo de vida dos canadenses pode variar bastante de acordo com a província em que vivem. Além da clara diferença linguística, com algumas regiões do país tendo como língua principal o francês enquanto outras falam inglês, há também algumas diferenças culturais e econômicas.

A província do Québec, por exemplo, possui um dos custos de vida mais baixos do país, graças a um baixo preço de aluguéis ou mesmo de energia elétrica. Isso significa que bancar os custos de vida na província se torna mais fácil, o que lhe permite uma maior capacidade monetária para realizar outras atividades, como alimentação e lazer.

A Cidade do Québec, capital da província, possui um estilo de vida mais pacífico, permitindo uma série de atividades como esquiar, andar de bicicleta, caminhar na neve, etc. Além disso, é uma cidade turística, com 17 museus e 6 centros artísticos, mais de 450 parques, mais de mil restaurantes com pratos típicos de mais de 25 países, além de um dos menores índices de criminalidade de todo o Canadá.

Como é a vida de um brasileiro no Canadá?

O país possui diversos programas de auxílio ao imigrante. Isso faz com que o processo de mudança para outro país seja mais fácil, permitindo uma transição mais tranquila. Entretanto, ainda há um choque de culturas, e algumas características do Canadá são muito diferentes das brasileiras.

O primeiro ponto que se pode citar de diferenças é o clima. Ao contrário do Brasil, o Canadá é um país frio, com neve em boa parte do ano. Mas isso não significa que você passará frio: as casas e estabelecimentos são preparados para o clima abaixo de zero, com aquecimento, lareiras e calefação.

Há também um estranhamento inicial com a comida, já que a culinária é diferente da brasileira, e o distanciamento de amigos e familiares, com os canadenses sendo normalmente mais reservados que os brasileiros. Entretanto, em pouco tempo é possível se acostumar com o novo estilo de vida, que envolve alguns pontos positivos que podem fazer toda a diferença: maior segurança, atendimento de saúde gratuito e eficaz, educação pública de qualidade, além de uma sociedade aberta para a diversidade e estrangeiros.

É melhor morar no Brasil ou no Canadá?

Sendo assim, definir onde é melhor para cada um morar vai variar de acordo com as suas preferências. Nem todos estão dispostos a abrir mão do clima tropical brasileiro, da comida, ou de outras coisas que estão acostumados no país.

Por outro lado, o Canadá possui uma infraestrutura que permite uma qualidade de vida muito maior, seja do ponto de vista econômico, da saúde, educação, etc. Sendo assim, é um lugar que oferece uma maior estabilidade e conforto no dia-a-dia.

Vale a pena morar no Canadá?

Considerando tudo que vimos até aqui, podemos dizer que vale muito a pena. O salário mínimo é o suficiente para se viver com conforto, e você terá acesso a um local com segurança, saúde e educação de qualidade. É possível se adaptar facilmente às diferenças culturais em pouco tempo, permitindo que se possa aproveitar ao máximo a experiência.

Sendo um dos lugares mais baratos para se viver do Canadá, o Québec é uma ótima opção para quem tem interesse em viver fora do Brasil. E o primeiro passo para poder se adaptar à cultura local é conhecer o idioma francês.

É por isso que a École Québec oferece aulas de francês québécois. Isso significa que ela integra todas as peculiaridades da região, como gírias, expressões e cultura no seu ensino da língua.

O que acha de marcar uma aula experimental e começar a flertar com o idioma? Você não vai se arrepender! 

Venha falar conosco e dê seu primeiro passo para mudar de vida!

Agende sua aula experimental gratuita aqui!