Quais as melhores cidades para imigrantes no Québec?

Conheça as melhores cidades para imigrantes no Québec e faça a escolha certa para sua nova residência! Descubra aqui as suas opções!

Trabalhar, estudar ou construir uma nova vida. Independentemente da sua motivação para imigrar para o Québec, existe uma cidade para você chamar de sua. Existe um fator comum que permeia a província francófona localizada no Canadá: a qualidade de vida. 

O país possui ensino de qualidade gratuito, alto nível de segurança e sistema de saúde público de referência, fatores que proporcionam um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) refletidos em quase todas as cidades. 

Outro ponto semelhante, desde as metrópoles até as consideradas vilas, é a existência de programas governamentais consistentes de incentivo à imigração. 

Você deve ter pesquisado aqui no blog da École Québec sobre o fato do Québec possuir um déficit de mão de obra considerável e como o Governo local trabalha constantemente para oferecer processos de residência permanente aos estudantes e trabalhadores qualificados. 

No entanto, existem fatos que devem ser considerados na hora de escolher entre as melhores cidades para imigrantes no Québec.  Conversaremos mais sobre isso abaixo. Boa leitura!

Conheça as melhores cidades para imigrantes no Québec 

  • Chambly
Fort Chambly

La Ville de Chambly está localizada no sul de Québec, ao longo da Bacia de Chambly. Esta vila é um centro de mercado agrícola, produtos lácteos e frutas. Além disso, o diversificado setor manufatureiro é uma importante fonte de emprego para imigrantes e locais. A renda familiar média é de cerca de US$ 94.000/ano, enquanto a taxa de desemprego é inferior a 5%.

A Câmara Municipal de Chambly dispõe de vários departamentos para assegurar o bom funcionamento do município, responder às necessidades dos cidadãos e desenvolver uma multiplicidade de projetos que visam dinamizar a comunidade. Uma excelente opção para morar com a família!

  •  Saint-Augustin-de-Desmaures
Église Saint-Augustin

Outra vila um pouco maior, com cerca de 18 mil habitantes, Saint-Augustin-de-Desmaures costuma ser um destino interessante para pessoas que procuram um ambiente harmônico, bucólico e charmoso. Um dos grandes atrativos dessa pequena cidade são as paisagens verdes e os parques. 

Esta pequena comunidade é um dos melhores lugares para se viver não apenas em Québec, mas também em todo Canadá. O parque empresarial da cidade conta com mais 150 empresas que empregam 20.000 pessoas. 

A renda familiar média da cidade, de US$ 117.000, está entre as mais altas do país, enquanto a taxa de desemprego é inferior a 2%. Além disso, os moradores também têm fácil acesso à saúde e a uma estrutura de serviços públicos ótima, como boas escolas e instalações recreativas.

  • Mont-Saint-Hilaire
Mont Saint-Hilaire

A cidade de Mont-Saint-Hilaire é uma pequena cidade na parte inferior de uma colina localizada na região de Montérégie, no sul de Québec. Tem o nome de Mont-Saint-Hilaire, uma colina isolada medindo 410 metros de altura. A cidade tem uma população de cerca de 19.000 pessoas. 

Os moradores da cidade são algumas das pessoas mais ricas da província, ostentando uma renda familiar média de mais de US$115.000, enquanto a taxa de desemprego é de apenas 4,9%. Os residentes de Mont-Saint-Hilaire também têm acesso a excelentes cuidados de saúde, com 2,3 médicos a cada 1.000 pessoas.

Está apenas a 30 quilômetros a leste de Montréal e imediatamente a leste do rio Richelieu. É uma área de preservação ambiental, lar de uma grande variedade de fauna e flora, conhecida por ser uma das remanescentes florestas primitivas do vale de Saint-Lawrence.

  •  Saint-Constant

Saint-Constant também é considerada uma das melhores cidades para imigrantes no Québec. Localizada na costa sul de Montréal, no sudoeste de Québec, no município regional do condado de Roussillon, na região de Montérégie. A cidade conta com uma população de aproximadamente 29.000 pessoas. 

Em 2017, a cidade foi declarada o quarto melhor lugar para começar uma família através de um estudo realizado pela MoneySense. Isso se deve ao fato de que a administração da cidade se concentra em fornecer os melhores serviços aos seus moradores através de uma gestão transparente e tecnologia de ponta.

A cidade também oferece uma vida urbana dinâmica, graças à estação de trem suburbana e ao fácil acesso ao transporte público. As pessoas que vivem em Saint-Constant também podem desfrutar da natureza nos parques e ao longo do leito do rio. 

  • Boucherville

Boucherville é um subúrbio de Montréal, localizada na margem sul do rio São Lourenço. A pequena cidade tem uma população de mais de 40.000 pessoas, mas é relativamente movimentada, com diversas atividades e atrativos patrimoniais com mais de 350 anos de história.

Economicamente, a vila conta com um grande parque industrial, que abriga 575 empresas e empregam mais de 23.000 pessoas. A renda familiar média é de US$ 125.000. Ademais, os moradores de Boucherville também tem acesso aos melhores serviços de saúde do Canadá.

  • Lévis
Lévis

A cidade de Lévis está localizada no leste do Canadá, às margens do rio São Lourenço, muito próxima à Cidade de Québec. Old Québec está conectado com Old Lévis por uma balsa, enquanto Lévis ocidental está conectado à cidade de Quebec por Pierre Laporte e as pontes de Québec

A maior de todas as cidades acima, Lévis possui  443,65 km² de área territorial e uma população de 126 396 habitantes. Além de estar entre as melhores cidades para imigrantes no Québec, também é reconhecida como o melhor lugar para se aposentar na província, devido à sua proximidade com a capital da província, excelente acesso a serviços de saúde e baixa taxa de criminalidade.

  • Westmount
Mairie de Westmont

Westmount é um subúrbio afluente na Ilha de Montréal, no sudoeste de Québec, Canadá. Trata-se de uma charmosa cidade com população de mais de 20.000 habitantes. Embora a cidade tenha uma taxa de desemprego de 7,5%, ou seja, maior que as anteriores, a renda familiar média é uma das mais altas: US$ 240.205.

A cidade de Westmount não é apenas definida pela arquitetura particular, mas também pela natureza que consiste em uma floresta intocada. A moradia também é relativamente barata, com os moradores pagando um aluguel mensal de cerca de US$ 1.500 por um aprtamento de dois quartos.

Ademais, possui uma boa estruturas de escolas, áreas esportivas públicas, eventos culturais e vários parques, incluindo Westmount Park, King George Park (também conhecido como Murray Hill Park) e Westmount Summit

  • Saint-Lambert

Saint-Lambert está localizado na margem sul do rio São Lourenço. Tem uma população de cerca de 22.000 habitantes, conforme o censo de 2016. A cidade é dividida em duas seções: o distrito de Peville e a cidade original. 

A maior parte das atividades econômicas da cidade ocorre ao longo da Victoria Avenue, principalmente na área entre as linhas CN e Riverside Drive, onde existem mais de 40 atividades comerciais. Saint-Lambert é principalmente uma cidade residencial com vida diária que reflete uma tradição de adesão um estilo de vida equilibrado.

  • Mont-Royal
Mont-Royal

Mont-Royal, ou Mount Royal, é uma cidade suburbana localizada no lado noroeste do homônimo Mont Royal. Em 2002, como parte da reorganização municipal, foi incorporada a Montréal e tornou-se um bairro. No entanto, após um referendo que ocorreu em 2004, foi reconstituída como uma cidade independente em 2006.

Estrategicamente localizada no centro da ilha de Montréal, Mont-Royal oferece muitos espaços verdes e bela arquitetura. A população, de mais de 20.000 pessoas, desfruta de uma qualidade de vida excepcional, devido aos excelentes serviços públicos e a alta renda familiar média, de US$ 191.671.

  • Saint-Bruno-de-Montarville
Centre-ville de Saint-Bruno-de-Montarville

Saint-Bruno-de-Montarville está localizado no sopé do Mont Saint-Bruno, no sudoeste de Québec. A partir de 2018, tinha uma população de pouco mais de 27.000 habitantes. A cidade é conhecida pelo Mont Saint-Bruno, de onde leva o nome e abriga um parque nacional e um teleférico.

A cidade oferece um estilo de vida excepcional aos seus cidadãos! Economicamente, a cidade possui uma renda familiar média de US$ 118.951 e uma taxa de desemprego inferior a 4,9%. Saint-Bruno-de-Montarville também é uma cidade segura para se viver, com baixa taxa de criminalidade.

A busca pela cidade perfeita para se morar no Québec precisa considerar quais são as suas prioridades profissionais e o que gostaria de encontrar na sua próxima residência. Se você desejar mais dados para embasar sua decisão, explore a pesquisa da MoneySense, que usamos como referência para este artigo.

Conforme mencionamos na introdução, acreditamos que todas essas opções, dentre tantas outras, são oportunidades indicadas para recomeçar sua vida em um lugar com ótimas oportunidades profissionais, altos padrões de qualidade de vida e respeito à diversidade.

Aqui no blog da École Québec, você encontra mais informações sobre como começar uma  nova fase da sua vida no Canadá. Explore! 

Deixe um comentário