O guia básico para conhecer a Ville de Québec, a capital francesa do Canadá – Parte 1

Onde fica a Cidade do Québec e por que conhecer sobre ela?

A Ville de Québec – Cidade de Québec – é a capital da província canadense de Québec, a única província do país a ter uma população predominantemente francófona. O nome da cidade é muitas vezes abreviado para apenas “Québec“.  Ela está localizada na margem norte do rio São Lourenço e é a única cidade norte-americana a ter preservado suas muralhas.

A cidade de Québec é um destino imperdível para os turistas porque oferece uma grande variedade de atrações, museus, restaurantes e parques, além de também ter sido nomeada uma das cidades mais bonitas do Canadá. Sua arquitetura, cultura, festivais e culinária são influenciadas por suas raízes francesas, mas também mostram traços de origens irlandesas, escocesas, italianas, entre outras.

Uma Breve História da Cidade

Também conhecida como La Vieille Capitale – A Velha Capital -, a Cidade de Québec é uma cidade única, com uma mistura de culturas europeias e norte-americanas. A cidade é famosa por suas muitas galerias de arte, museus e edifícios históricos. Tudo isso é um resultado de sua história.

Québec foi fundada por Samuel de Champlain em 1608 e foi uma das primeiras cidades da Nova França. Foi criada como um posto comercial para competir com outras potências europeias, principalmente a Inglaterra. A cidade foi testemunha de muita história que moldou a América do Norte e hoje é considerada um dos assentamentos mais antigos do continente.

Em 1759, as forças britânicas invadiram a cidade de Québec e a colocaram sob seu controle, e ocorreram diversas disputas territoriais na região, contribuindo para a diversidade étnica e cultural do local. Em 1867, o Canadá conquistou sua independência da Grã-Bretanha, com a Cidade do Québec se tornando a capital da província do Québec.

Marcos Históricos e Pontos Turísticos

A cidade tem muitos pontos de interesse para se visitar, como a Citadelle de Québec, que é uma fortaleza que foi construída para se defender dos ataques dos Estados Unidos e foi designada como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1985. 

Outro lugar interessante para se visitar é a Basilique-cathédrale Notre-Dame de Québec, que é uma igreja católica romana que foi construída em 1874, sendo a mais antiga igreja do Canadá.

Há ainda o Musée National des Beaux-Arts du Québec, que apresenta exposições de arte e história do Québec, incluindo arte das Primeiras Nações e Inuit.

Por fim, um dos marcos mais famosos da cidade é o Château Frontenac, um hotel construído em 1893 que domina o horizonte com sua arquitetura imponente e reputação de longa data como um dos maiores hotéis da América do Norte.

O que comer em Ville de Québec?

A Cidade de Québec é conhecida por sua cena gastronômica crescente, e isso não é apenas por causa do poutine! Há tantos restaurantes para escolher, com tantos estilos diferentes, que pode ser difícil decidir um lugar para comer.

Existem restaurantes que vendem pratos de culinárias estrangeiras, como francesa ou britânica, mas você não deve deixar passar a oportunidade de conhecer as especialidades locais do Québec.

Com raízes francesas e moldada pelos desafios de seu povoamento, a culinária québécois é composta principalmente por pratos ricos e com muita substância. Alguns dos mais populares são:

  • Fèves au lard – Esse prato tradicional consiste de feijão e carne de porco cozidos lentamente. Existem diversas variações, sendo a receita com xarope de bordo a mais popular.
  • Creton – É um tipo de patê feito com carne de porco e diversos temperos como cravo e canela, é normalmente comido com pão torrado no café da manhã.
  • Poutine – Talvez o prato québécois mais conhecido, é feito com batatas fritas e queijo, cobertos com um molho de carne
  • Tarte au sucre – Uma torta doce, recheada com uma mistura de ovos, creme, farinha e açúcar mascavo. Em algumas receitas o açúcar é substituído por xarope de bordo.
  • Ragoût de boulettes de porc – Almôndegas de porco, carne moída, vitela ou uma mistura dessas carnes, temperada com especiarias como canela, cravinho e noz-moscada e enroladas na farinha, que são fervidas com cebola e servidas em um caldo grosso. Costumam acompanhar batatas cozidas.

Apenas o começo sobre a riqueza québécois

A Cidade do Québec é um lugar com uma cultura muito rica, que só tende a crescer quanto mais você a explora. Seja na arquitetura, na arte ou na culinária, descobrir o que mais essa cidade tem para te oferecer é em si só uma experiência incrível.

Existem ainda muitos outros pontos sobre a Cidade de Québec que falaremos em nossa próxima publicação, mas todos têm em comum o fato de que você deve tentar aproveitá-los ao máximo. Uma das maneiras de estar preparado para isso é falando o idioma local, o francês. A École Québec tem aulas de francês québécois, especializada nas expressões e costumes da região, para que você já fique preparado para viajar ou morar na província, se beneficiando de tudo que o lugar tem para proporcionar!

Por que não marcar uma aula experimental e começar a conhecer o idioma? Você não vai se arrepender! 

Venha falar conosco e dê seu primeiro passo para expandir seus horizontes!

Agende sua aula experimental gratuita aqui!